Topo Epifanias.png
Logo - Epifanias.png

Coletivo A Cabaça finaliza o ano lançando “Epifanias Contra o Desencanto”, livro de crônicas sobre a cultura afro-brasileira

Literatura e jornalismo se fundem em uma obra que conta com 13 crônicas, um ensaio teórico e muitas ilustrações

“Epifanias Contra o Desencanto: candomblé em crônicas” é o oitavo projeto do coletivo A Cabaça. Desde 2017, o grupo, composto por jornalistas e pesquisadores da cultura afro-brasileira, desenvolve projetos educomunicativos tomando como referência a efetivação da Lei 10.639/2003 e o combate ao racismo e intolerância religiosos. Já foram divulgados curta-metragem, livros, documentário e outros trabalhos educomunicativos, todos disponibilizados gratuitamente no site do coletivo.

O livro reúne crônicas que desvelam instantes epifânicos acerca do universo do candomblé e da cultura afro-brasileira: trata-se de fragmentos do cotidiano nos quais o candomblé e a cultura afro-brasileira afetaram os autores e possibilitaram a eles algum tipo de encanto, algum olhar mais demorado para as miudezas da vida.

“Inicialmente nós acreditávamos que a produção textual se daria dentro do terreiro. Depois, percebemos que não, que o combustível para a escrita, na verdade, estava em encontros, viagens, acontecimentos do cotidiano, ocorrência de fora do espaço sagrado”, revela Nasser Pena, jornalista e autor, sobre o processo criativo da equipe.


A construção da obra impressa e digital (e-book) partiu da noção compreensiva de que o racismo estrutural e epistêmico da sociedade brasileira marginalizou os saberes dos terreiros, das macumbas, impossibilitando que a cultura afro-brasileira fosse a base de uma filosofia que servisse para refletirmos sobre as questões de nosso país. No espaço do terreiro aprende-se não apenas uma religião, mas um modo de ver, de viver e de pensar. 


“Este livro provoca no leitor o desejo de se pensar o Brasil como um terreiro, deslocando sentidos, enfrentando os problemas, as resistências e as reexistências propiciados pela diáspora. Trata-se de uma obra que relaciona candomblé, literatura e imagem”, explica Isley Borges, jornalista e autor.


O livro será impresso pela Editora Subsolo e disponibilizado em formato de e-book no site d’A Cabaça: www.acabaca.com.br. A sua versão impressa está disponível para venda no referido site a R$35 para o público em geral e a R$20 para pessoas ligadas à cultura e religiosidade afro-brasileira. O trabalho conta com o incentivo do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) da Prefeitura Municipal de Uberlândia (PMU), além do o apoio do CECORÉ - Centro Cutural Orè.

Ficha técnica:

"Epifanias contra o Desencanto: candomblé em crônicas" (2020)

Autoria: Isley Borges, Nasser Pena, Maria Cristina Andrade Florentino
(Ialorixá Cristina Ifatoki) e Carlos Gabriel Ferreira

Consultoria especializada: Maria Cristina Andrade Florentino (Ialorixá Cristina Ifatoki) e Roberto Camargos
Design gráfico: Carlos Gabriel Ferreira
Ilustrações: Carlos Gabriel Ferreira e Maria Cristina Andrade
Florentino (Ialorixá Cristina Ifatoki).

Revisão: Luciana Nunes
Editoração: Thiago Carvalho e Robisson Sete - Editora Subsolo
Gestão Administrativa: Raissa Dantas
Textos para Divulgação: Georges Dib
Gerenciamento de redes sociais: Carlos Gabriel Ferreira e Gabriel Rodrigues
Financiamento: Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) da
Prefeitura Municipal de Uberlândia. Convênio no 070/2019

Banner 02.png

Compre o

livro impresso

O livro está à venda por R$35 em ambientes educativos e a R$20 para o público ligado à religiosidade afro-brasileira. Preencha o formulário abaixo e entraremos em contato em breve!

Epifanias.png

Leia o e-book gratuitamente: